Um pouco da nossa história

O Grupo Escolar Nilo Peçanha foi criado de acordo com o Decreto n° 1377/06 de 31/03/17 e instalado em 21 de abril de 1917, com a presença do presidente Nilo Peçanha, do prefeito Licílio Cardoso e da professora Albertina Campos, primeira diretora. Registrava na época 110 alunos.
Em maio de 1965, no governo do Marechal Paulo Francisco Torres, foram iniciadas e inauguradas mais seis salas de aula, anexas ao prédio já existente.
Em janeiro de 1968, no governo do Dr. Geremias de Mattos Fontes foi demolido o antigo prédio e construído o atual que entrou em funcionamento no dia 1° de agosto de 1969.
Em 21/05/70, recebeu a denominação de Escola Estadual Nilo Peçanha e em 27/09/94, através do decreto n° 20.571/94, passou a Colégio Estadual Nilo Peçanha.
Atualmente o colégio possui o Ensino Médio, com o curso de Formação Geral.

Estrutura

Recursos disponíveis:
Humanos
A escola conta com 82 professores, distribuídos pelas diversas disciplinas. Conta também com 44 funcionários distribuídos nas funções de servente, merendeira, auxiliar de secretaria, portaria, coordenador de turno, bibliotecária, auxiliar de bliblioteca e animador cultural.

Didáticos e técnicos
Livros didáticos de Língua Portuguesa, Matemática, Química, Física e História. Mapas geográficos e históricos, coleção didática de Ciências e Biologia. Biblioteca, laboratório de informática,TVs, Vídeos, DVDs, equipamentos de som, data show, retro-projetor, microscópio, episcópio e acervo de filmes em fitas VHS e DVDs
 
Condições Físicas
O Colégio Estadual Nilo Peçanha possui treze salas de aula sendo três no térreo, cinco no primeiro pavimento e cinco no segundo pavimento. E mais:
  
  Biblioteca pólo, com um acervo de aproximadamente 8226 livros;
  Cozinha, dispensa e refeitório;
  Cantina;
  Secretaria;
  Laboratório de informática;
  Sala de direção;
  Sala de departamento pessoal;
  Auditório;
  Sala dos professores;
  Quadra;
  Pátio interno;
  Sala da copiadora;
  Sala do NTE - Núcleo de Tecnologia Educacional.